Ja genau

Ja genau, ich bin der eierlose Heuchler
Ja genau, ich bin das bodenlose Fass
Ja genau, ich bin
dein lebenslanger Täuscher
der dich verletzt und den du gerne hasst
Ja genau, ich bin die käufliche Hure
Ja genau, ich mach die Beine breit
Ja genau, ich bin ‘ne hässliche Furie
die dich infiziert mit ihrer Grässlichkeit
Ja genau, du weißt was
mal gut war
Ja genau, das muss immer so bleiben
Ja genau, es soll regieren immerdar
nur willst du’s immer wieder
mit ‘ner andren Schlampe treiben
Ja genau, ich bin der schwanzlose Bastard
Ja genau, ich bin die endlose Qual
Ja genau, du bist
mein lebenslanger Ratschlag
Das Kleingeistliche wär mein Gral

Zwanzig Jahre lang
hast du dich an mich gehängt
Ich hatte dir sogar mein Wesen geschenkt
Nun willst du mir verbieten
mit Herz zu singen
Lieber werde ich mich selbst umbringen

Es ist egal wer dich umgibt
Es ist egal was dir befiehlt
Es ist egal auf wen du baust
Es ist egal wer dich beraubt
Es ist egal wer dich verschreit
Es ist egal was dir bleibt
Es ist egal wer dich verführt
Es ist egal was dir gebührt

Ja genau, ich bin das angehäufte Böse
Ja genau, ich zieh dich mit hinab
Ja genau, du willst mich
eigentlich erlösen
doch dafür bist du viel zu schlapp
Ja genau, ich bin dein größter Fehlschlag
Ja genau, du bist durch mich kaputt
Ja genau, nur durch meinen Beitrag
Schicke mir getrost all deine Wut
Ja genau, ich kann sie verwandeln
Ja genau, in Gleichgültigkeit
Ja genau, du musst nicht mal handeln
dafür gibt’s noch soviel zeit…

Isso mesmo sou um hipócrita perdedor duma ova
Isso mesmo, eu sou um barril sem fundo
Isso mesmo, eu sou
seu trapaceiro vitalício
que te fere, e que você ama odiar
Isso mesmo, eu sou a prostituta a venda
Isso mesmo, eu abro minhas pernas
Isso mesmo, eu sou uma fúria perigosa
que te infecta com suas atrocidades
Isso mesmo, você sabe o que
já foi bom
Isso mesmo, isso sempre será assim
Isso mesmo, isso deverá prosperar
mas você quer fazer isso com
outra vadia de novo e de novo
Isso mesmo, eu sou o bastardo covarde
Isso mesmo, eu sou o tormento interminável
Isso mesmo, você é
meu conselheiro vitalício
Egoísmo será meu cálice

Vinte anos atrás
você esteve pendurado em mim
Eu tinha te dado até mesmo minha essência
Agora você quer me proibir de
cantar com meu coração
Eu prefiro me suicidar

Não importa o que te rodeia
Não importa o que te controla
Não importa de quem você depende
Não importa quem te rouba
Não importa quem te calunia
Não importa o que te resta
Não importa quem te seduz
Não importa o que você merece

Isso mesmo, eu sou o mal acumulado
Isso mesmo, eu te derrubarei comigo
Isso mesmo, na verdade você quer
resgatar-me
mas você é muito fraco para isso
Isso mesmo, eu sou seu maior fracasso
Isso mesmo, está quebrado por minha causa
Isso mesmo, só pela minha contribuição
Mande-me toda sua raiva sem pena
Isso mesmo, eu a transformo
Isso mesmo, em indiferença
Isso mesmo, você não precisa decidir agora
ainda há muito tempo pra isso

Contém cookies. Pode conter anúncios personalizados.
2010-2021 © Deutsche Bands. Todos os direitos reservados — Política de PrivacidadeTermos de UsoAcessibilidade