Darf ich das behalten?

Bitte darf ich das behalten
Behalt meine alten Träume
Kannst sie verwalten wie du willst
Halt die Welt in deiner Gewalt
Aber nimm deine kalten Hände
Von meiner Hand

Ich geb dir meinen Verstand dafür
Ich geb dir mein Wort, ich will
Für immer stumm sein, aber
Nimm das nicht fort von mir
Ich weiß, du nimmst alles
Was du willst zu dir
Aber das hier bleibt hier

Darf ich das behalten
Ich brauche nichts mehr
Darf ich das behalten
Ich geb alles her
Darf ich das behalten
Ich brauche nichts mehr
Ich brauche nichts mehr als das
Ich brauche nichts mehr

Darf ich das behalten
Ich hab’s gefunden
Zerknittert und scheu
Saß es zwischen zwei Stunden
Bevor alles neu war

Und zwischen zwei Blicken
Zwei Schritten im Sand
Fand ich’s in meiner Hand

Darf ich das behalten
Ich hab’s gefunden
Zerschunden und lahm
Hab seine Wunden verbunden

Und jetzt ist es zahm
Siehst du, es findet den Weg nicht mehr
Ich kann seine Sprache, ich
Lauf hinter ihm her und dann
Läuft es mir nach und ich
Halt es geborgen in meiner Hand
Schlaf bis zum Morgen
Mit dem Rücken zur Wand

Por favor, posso ficar com isso
Fique com meus velhos sonhos
Pode administrá-los como você quiser
Domine o mundo
Mas tire suas mãos frias
Da minha mão

Eu lhe dou minha razão por isso
Eu lhe dou minha palavra, eu quero
Ficar em silêncio para sempre, mas
Não afaste isso de mim
Eu sei, você pega tudo
O que você quer para você
Mas isso aqui ficará aqui

Eu posso ficar com isso
Eu não preciso de mais nada
Eu posso ficar com isso
Eu lhe entrego tudo
Eu posso ficar com isso
Eu não preciso de mais nada
Eu não preciso de mais nada além disso
Eu não preciso de mais nada

Eu posso ficar com isso
Fui eu que encontrei
amassado e tímido
Ficou sentado entre duas horas
Antes que tudo fosse novo

E entre duas olhadas
Dois passos na areia
Eu o encontrei em minha mão

Eu posso ficar com isso
Fui eu que encontrei
ferido e coxo
Eu cobri suas feridas

E agora ele está manso
Você vê, ele não encontra mais o caminho
Eu sei a sua língua, eu
corro atrás dele e então
Ele corre atrás de mim e eu
O mantenho protegido na minha mão
Durma até amanhecer
desconsolado

Contém cookies. Pode conter anúncios personalizados.
2010-2021 © Deutsche Bands. Todos os direitos reservados — Política de PrivacidadeTermos de UsoAcessibilidade