Sakrileg 11

Küss mich
damit ich nichts sagen muss
Halt mich
und dann mach mit mir Schluss
Ich weiß nicht wie und
wieso es mit uns abwärts geht
Es gibt noch viel für mich zu tun doch
du stehst mir im weg

Ganz egal was du auch tust
Egal was du auch sagst
Egal was dich bewegt
Egal wiesehr du dich beklagst
Ich mach mich jetzt davon geh mit
dem Kopf durch die Wand
Ich nehm mein Schicksal wieder
selbst in die Hand

Du tust nichts – ich hass es
Versuchst nichts – ich hass es
Du wartest – ich hass es
auf irgendwas – komm lass es
Du zitterst – ich hass es
Verbitterst – ich hass es
Du lähmst mich – ich hass es
wie schnell die zeit vergeht
Denn es ist viel zu früh zu spät

Küss mich
und dann sag mir adieu
Schlag mich
dann tut es nicht so weh
Wer weiß wie weit und
wohin der Wind uns beide weht
Und was für mich ohne dich
noch in den Sternen steht

Ganz egal was du auch tust
Egal was du auch sagst
Egal ob du verstehst
Egal wie oft du mich noch fragst
Ich mach mich jetzt davon
und fress mir selbst aus der Hand
Ich hab mir noch nicht oft genug
die Finger verbrannt

Du sagst nichts – ich hasse es
Du fragst nichts – ich hasse
Du glaubst noch – ich hasse es
an deinem Gott – komm lass es
Du zitterst – ich hass es
wie schnell die zeit vergeht
Denn es ist viel zu früh zu spät

Me beije
para eu não ter que dizer nada
Me segure
e depois termine comigo
Eu não sei como nem porque
a gente não está dando certo
Ainda tem muita coisa pra eu fazer
Mas você está no meu caminho

O que quer que você faça
O que quer que você diga
Seja o que for que te estimule
Não importa o quanto você reclame
Eu estou saindo fora
Batendo com a cabeça no muro
Sou eu de novo
quem controla meu destino

Você não faz nada – que ódio
Não tenta nada – que ódio
Você espera – que ódio
por alguma coisa – deixa disso
Você treme – que ódio
Se amargura – que ódio
Você me prostra – que ódio
Do jeito que o tempo corre
pois fica tarde muito cedo

Me beije
e depois me diga adeus
me bata
então nem vai doer tanto
Quem sabe o quanto
e até aonde o vento nos levará
E o que tem pra mim
Nas estrelas sem você

Não importa o que você fizer
Não importa o que você disser
Tanto faz se você entender ou não
Não importa quantas vezes você me perguntar
Eu estou caindo fora
levando minha própria vida
Eu ainda não
quebrei a cara o suficiente

Você não diz nada – que ódio
Você não pergunta nada – que ódio
Você ainda acredita – que ódio
no seu Deus – deixa disso
Você treme – que ódio
Do jeito que o tempo corre
pois fica tarde muito cedo

Contém cookies. Pode conter anúncios personalizados.
2010-2021 © Deutsche Bands. Todos os direitos reservados — Política de PrivacidadeTermos de UsoAcessibilidade